quarta-feira, 31 de julho de 2013

Velocidade Escalar Média e deslocamento escalar: exemplos e questões resolvidas

Artigo sobre velocidade escalar média, trajetória, intervalo de tempo e deslocamento com questões resolvidas.

Velocidade escalar média

velocidade escalar média é a relação entre o deslocamento escalar ∆s e o correspondente intervalo de tempo ∆t

Onde:

ΔS é a variação da posição do móvel: ΔS = Sf - Si
Δt é a variação do tempo: Δt = tf - ti

No Sistema Internacional (SI), a unidade de velocidade é metro por segundo (m/s). É também muito comum o emprego da unidade quilômetro por hora (km/h). Pode-se demonstrar que 1 m/s é equivalente a 3,6 km/h.
Assim temos:
velocidade media
Como exemplo, suponha um carro efetuando um deslocamento escalar de 36 km num intervalo de tempo de 0,50 h. A sua velocidade escalar média neste percurso corresponde a:
Velocidade Escalar Média

O resultado encontrado (72 km/h = 20 m/s), significa a suposta velocidade escalar constante que o carro poderia ter utilizado no trajeto.

Velocidade escalar instantânea

A velocidade escalar instantânea é a velocidade em determinado instante específico. Para calcular a velocidade instantânea é necessária a utilização de uma operação matemática denominada de limite. Nessa operação matemática pegamos intervalos de tempo muito pequenos, ou seja, fazemo-los tender para zero. Matematicamente temos a seguinte relação que define a velocidade escalar instantânea:

Na equação acima, lim significa limite.
Em termos práticos, podemos determinar a velocidade escalar instantânea da seguinte forma:
Velocidade Escalar
O físico e matemático inglês Isaac Newton descobriu, no século XVII, o processo matemático denominado derivação de funções, que permitiu obter certas grandezas instantâneas. A partir disto, temos:
Velocidade Escalar
Simbolicamente, isto é expresso assim:
Derivada (lê-se derivada de s em relação a t)

Cada função matemática tem a sua derivada específica. Para o estudo da Cinemática, no ensino médio, tem grande importância a derivada de uma função polinomial, a qual é calculada de acordo com a técnica descrita a seguir.
• Função horária dada: 

• Indicação da derivada: 

• Cálculo da derivada: 


A expressão final é denominada função horária da velocidade. Ela nos permite determinar a velocidade escalar num instante t qualquer.

Exemplo:
A função horária do espaço de um móvel é dada por: 
s = 2t3 + 4t2 - 5t + 7 (SI)
Obter a velocidade escalar do móvel num instante t.
Resolução:
Cinematica



Trajetória, Intervalo de Tempo e Deslocamento Escalar - definição e exemplos
  • Trajetória

    É um percurso, uma estrada, por exemplo. Toda trajetória tem um sentido, esse sentido irá indicar se o movimento é progressivo ou retrógrado. Se o corpo estiver se movimentando para a mesma direção adotada pela trajetória, temos um movimento progressivo, mas se estiver no sentido oposto, temos um movimento retrógrado.
Ex.:
Na trajetória acima o sentido é da esquerda pra direita, então o carrinho está em um movimento retrógrado, pois ele está indo no sentido oposta ao da trajetória.

  •  Intervalo de Tempo

É a subtração do Tempo final pelo  Tempo inicial.

Deslocamento Escalar

A posição de um objeto (móvel) pode variar à medida que ele se afasta ou se aproxima do referencial, e a essa variação de posição chamamos deslocamento.

O deslocamento de um móvel (objeto) é representado por ΔS (lê- se: "delta s") e corresponde à localização que o móvel ocupa no final do movimento (posição final s) menos sua posição no início do movimento (posição inicial S0).

A fórmula é dada por:

 ΔS = S – S0

Exemplo:
Um automóvel, sobre uma estrada, parte da cidade A (km 10) no instante 3 horas, passa pela cidade B (km 410) no instante 7 horas e chega à cidade C (km 310) às 8 horas.



Podemos então determinar:

I. Entre as cidades A e B

O espaço inicial (S0): S0 = 10 km

O espaço final (S): S = 410 km

O instante inicial (t0): t0 = 3 h

O instante final (t): t = 7 h

O intervalo de tempo (Dt): Dt = t - t0 DtAB = 7 - 3 = 4  DtAB = 4h

Deslocamento (DS): DS = S - S0 DSAB = 410 - 10 = 400 DSAB = 400km


II. Entre as cidades B e C

O espaço inicial (S0): S0 = 410 km

O espaço final (S): S = 310 km

O instante inicial (t0): t0 = 7h

O instante final (t): t = 8 h

O intervalo de tempo (Dt): Dt = t - t0  DtBC = 8 - 7 = 4  DtBC = 1h

Deslocamento (DS): DS = S - S0  DSBC = 310 - 410 = -100  DSBC = -100km


III. Entre as cidades A e C

O espaço inicial (S0): S0 = 10 km

O espaço final (S): S = 310 km

O instante inicial (t0): t0 = 3 h

O instante final (t): t = 8 h

O intervalo de tempo (Dt): Dt = t - t0  DtAC = 8 - 3 = 4  DtAC= 5h

Deslocamento (DS): DS = S - S0  DSAC = 310 - 10 = 300  DSAC = 300km

           www.vestibulandoweb.com.br/
           www.passeiweb.com/
           www.fisicaevestibular.com.br/

Questões resolvidas sobre velocidade escalar média

1) A velocidade escalar média de um automóvel é de 80km/h no primeiro trecho de seu percurso e 60 km/h no trecho restante . os trechos são percorridos no mesmo intervalo de tempo. qual é a velocidade escalar média durante todo o percurso? 

Solução:

Espaço do primeiro trecho:

x_1=80t

Espaço do segundo trecho:

x_2=60t

Velocidade escalar média:

v=\frac{80t+60t}{t+t}

v=\frac{140t}{2t}

\boxed{v=70km/h}

2) a velocidade escalar média de um móvel de um automóvel até a metade de seu percurso é 90 km/h.Determine a velocidade escalar média no percurso total. Ela é a média aritmética das velocidades escalares médias em cada trecho do percurso ?
Solução:
Tempo no primeiro percurso:

t_1=\frac{0,5x}{90}

Tempo no segundo percurso:

t_2=\frac{0,5x}{60}

Sabemos o tempo total do percurso:

t=t_1+t_2

t=\frac{0,5x}{90}+\frac{0,5x}{60}

t=\frac{x}{72}

Sabemos a distância total:

d=0,5x+0,5x

d=x

Calculando a velocidade escalar média:

v=\frac{d}{t}

v=\frac{x}{\frac{x}{72}}

\boxed{v=72km/h}

Média Aritmética:

Ma=\frac{90+60}{2}=75km/h

Não é a média !

3) (UNESP-SP) No primeiro trecho de uma viagem, um carro percorre uma distância de 500m, com velocidade escalar média de 90km/h. O trecho seguinte, de 100m, foi percorrido com velocidade escalar média de
72km/h. A sua velocidade escalar média no percurso total foi, em m/s, de:

a) 20                  b) 22                    c) 24                 d) 25                 e) 30

Solução:

Primeiro deve-se converter as velocidades.
Para passar de km/h para m/s é só multiplicar por 3,6

90 km/h = 25 m/s
72 km/h = 20 m/s

No primeiro trecho:
∆t = ∆S / Vm = 500 / 25 = 20 s.

No segundo trecho:
∆t = ∆S / Vm = 100 / 20 = 5 s.

Vm = ∆S total / ∆t total
Logo,
Vm = (500 + 100) / (20 + 5)

Vm = 24 m/s.

Letra C.


4) Após os cinco primeiros segundos, a velocidade escalar do atleta fica constante até o final da corrida. O atleta cruza a linha de chegada com uma velocidade escalar igual a:

a) 5 km/h             b)10km/h            c)18km/h            d)36km/h              e)72km/h


Solução:


S = S0 + v0.t + at²/2

S = 1,0t²

S0 = 0
V0.t = 0

a = 2 m/s² (pq 2/2 = 1,0)
t = 5s --> t² = 25 s

Equação da Velocidade:

V = V0 + a.t
V = 0 + 2.5 = 10 m/s

Então, depois dessa velocidade ele permanece com velocidade constante. Assim a aceleração é zero. Então, se a velocidade é constante, o valor dela será 10 m/s. Como ele quer em km/h é só multiplicar por 3,6 = 36 km/h.

5) (CPS- 011)  Considere que Roberto, em suas caminhadas de 2 000 m para manter o seu condicionamento físico, desenvolva
 uma velocidade média de 5 km/h.
O tempo gasto para percorrer esta distância é de
a) 12 min.                    b) 20 min.                           c) 24 min.                          d) 36 min.                              e) 40 min. 

Solução:

V=ΔS/Δt  ---  5=2/Δt  ---  Δt=2/5=0,4h  ---  Δt=0,4x60 = 24min 
Letra C.

6) (UNESP-SP) Ao passar pelo marco “km 200” de uma rodovia, um motorista vê um anuncio com a inscrição : ABASTECIMENTO E RESTAURANTE A 30 MINUTOS”.


Considerando que esse posto de serviço se encontra junto ao marco  “km 245” dessa rodovia, pode-se concluir que o anunciante prevê, para os carros que trafegam nesse trecho, uma velocidade média , em km/h, de:

a) 80                    b) 90                  c) 100                       d) 110                       e) 120

Solução:

ΔS= 245 – 200  ---  ΔS=45km  ---  Δt=0,5h  ---  Vm=45/0,5  ---  Vm=90km/h  
Letra B.

7) (UFC) Uma partícula desloca-se sobre uma reta na direção x. No instante tA = 1,0 s, a partícula encontra-se na posição A e no instante tB = 6,0 s encontra-se na posição B, como indicadas na figura a seguir.

Determine a velocidade média da partícula no intervalo de tempo entre os instantes tA e tB.

Solução:

 Vm=ΔS/ Δt=(SB – SA)/(tB – tA)=70 – (-40)/6,0 – 1,0  ---  Vm=22m/s

8) (FUVEST-SP-010) Astrônomos observaram que a nossa galáxia, a Via Láctea, está a 2,5.106 anos-luz de Andrômeda, a
galáxia mais próxima da nossa.

Com base nessa informação, estudantes em uma sala de aula afirmaram o seguinte:

I. A distância entre a Via Láctea e Andrômeda é de 2,5 milhões de km.
II. A distância entre a Via Láctea e Andrômeda é maior que 2.1019 km.
III. A luz proveniente de Andrômeda leva 2,5 milhões de anos para chegar à Via Láctea.

Está correto apenas o que se afirma em
Dado: 1 ano tem aproximadamente 3.107 s.

a) I.                      b) II.                         c) III.                       d) I e III.                        e) II e III. 

Solução:

I. Errada  ---  1 ano-luz é a distância que a luz percorre em 1 ano, no vácuo, com velocidade c=3.108m/s=3.105km/s  ---   d = v t  ---  d = (3.105 km/s)x(2,5.106 anosx3.107s/ano)  ---  d=2,25.1019 km.
II. Correta  ---  veja os cálculos efetuados no item anterior.
III. Correta. 

9) (UECE) Dois trens de comprimento 60 m e 90 m correm em trilhos paralelos e em sentidos opostos. O trem menor move-se com o dobro da velocidade do maior, para um referencial fixo na Terra.. Uma pessoa no trem menor observa que o trem maior gasta 2 s para passar por sua janela. Determine a velocidade, em m/s, do trem menor.

Solução:

Sentidos opostos  ---  VR=2V + V=3V  ---  parando o trem menor e consequentemente a pessoa, o trem maior de velocidade relativa 3V e comprimento 90m demora 2s na ultrapassagem  ---  3V=90/2   ---  V=15m/s (velocidade do trem maior)  ---  como o trem menor tem o dobro da velocidade   ---  V’=30m/s

10) (Unitau-SP) Uma motocicleta com velocidade escalar constante de 20 m/s, andando paralelamente à uma ferrovia, ultrapassa um
trem de comprimento 100 m que “caminha”, no mesmo sentido, com velocidade escalar constante de 15 m/s. Desconsiderando o tamanho da moto, a duração da ultrapassagem é:
a) 5 s                      b) 15 s                      c) 20 s                      d) 25 s   

Solução:

VR=(20 – 15)=100/Δt  ---  Δt=20s  -
Letra C.

11) (U. F. Juiz de Fora-MG) O motorista de um caminhão pretende fazer uma viagem de Juiz de Fora a Belo Horizonte, passando por Barbacena (cidade situada a 100 Km de Juiz de Fora e a 180 Km de Belo Horizonte). A velocidade máxima no trecho que vai de Juiz de Fora a Belo Horizonte é de 90 km/h. Determine qual o tempo mínimo de viagem de Juiz de Fora a Belo Horizonte, respeitando-se os limites de velocidade:

a) 4,25h
b) 3,25h
c) 2,25h
d) 3,50h
e) 4,50h 

Solução:

Juiz de Fora a Barbacena = Δt 1 = 100/80 = 1,25h
Barbacena a BH = Δt 2 = 180/90 = 2h
JF a BH = Δt 1 + Δt 2 = 1,25 + 2 = 3,25h

12) (U.F.São Carlos – SP) Um trem carregado de combustível, de 120m de comprimento, faz o percurso de Campinas até Marília, com velocidade constante de 50 Km/h. Esse trem gasta 15s para atravessar completamente a ponte sobre o rio Tietê. O comprimento da ponte é:

a) 100m
b) 88,5m
c) 80m
d) 75,5m
e) 70m

Solução:

50 Km/h ÷ 3,6 = 13,8 m/s
Vm = L(trem) + L (ponte) / Δt
13,8 = 120 + L (ponte) / 15
13,8 . 15 = 120 + L (ponte)
207-120 = L (ponte)
L (ponte) = 87m

13) (FUVEST) Diante de uma agencia do INSS há uma fila de aproximadamente 100 m de comprimento, ao longo da qual se distribuem de maneira uniforme 200 pessoas. Aberta a porta, as pessoas entram, durante 30 s, com uma velocidade média de 1 m/s. Avalie:

a) o número de pessoas que entraram na agencia;

Solução:


dtotal = 100 m
n = 200 pessoas
vm = 1 m/s
Δt = 30 s

Cada pessoa ocupa
d = dtotal/n = 100/200 = 0,5 m

Em 30 s a fila anda:
vm = dfila/Δt
dfila = vm . Δt
dfila = 1 . 30 = 30 m

O número de pessoas que entraram:
n' = dfila/d = 30/0,5 = 60 pessoas


b)o comprimento da fila que restou ao lado de fora.

Solução:

d = dtotal - dfila = 100 - 30 = 70 m

14) (FUVEST 2008) Dirigindo-se a uma cidade próxima, por uma autoestrada plana, um motorista estima seu tempo de viagem, considerando que consiga manter uma velocidade média de 90 km/h. Ao ser surpreendido pela chuva, decide reduzir sua velocidade média para 60 km/h, permanecendo assim até a chuva parar, quinze minutos mais tarde, quando retoma sua velocidade média inicial. Essa redução temporária aumenta seu tempo de viagem, com relação à estimativa inicial, em
a) 5 minutos.
b) 7,5 minutos.
c) 10 minutos.
d) 15 minutos.
e) 30 minutos.

Solução:
vm' = 60 km/h
Δt' = 15 min = 15/60 h = 0,25 h
d = ?

vm' = d/Δt'
d = vm' . Δt'
d = 60 . 0,25 = 15 km


vm'' = 90 km/h
d = 15 km
Δt'' = ?

vm'' = d/Δt''
Δt'' = d/vm''
Δt'' = 15/90 ~ 0,17 h

Δt = Δt' - Δt'' = 0,25 - 0,17 = 0,08 h = 0,08 . 60 min ~ 5 min

15) Um carro viaja de uma cidade A a uma cidade B, distantes 200km. Seu percurso demora 4 horas, pois decorrida uma hora de viagem, o pneu dianteiro esquerdo furou e precisou ser trocado, levando 1 hora e 20 minutos do tempo total gasto. Qual foi a velocidade média que o carro desenvolveu durante a viagem?
Solução:
S=200km
t=4h
v=?
Mesmo o carro tendo ficado parado algum tempo durante a viagem, para o cálculo da velocidade média não levamos isso em consideração.

16) No exercício anterior, qual foi a velocidade nos intervalos antes e depois de o pneu furar? Sabendo que o incidente ocorreu quando faltavam 115 km para chegar à cidade B.

Solução:
  • Antes da parada:
S= 200-115=85km
t=1hora
v=?
  • Depois da parada:
S= 115km
t= 4h-1h-1h20min= 1h40min=1,66h (utilizando-se regra de três simples)
v=?

17) Um ônibus percorreu 20 km a 60 km/h e 60 km a 90 km/h. Determine a velocidade escalar média do ônibus nos 80 km percorridos. Considere que, em cada trecho, o ônibus sempre manteve velocidade constante.
Solução:
18) Um automóvel percorreu um trajeto ABC, de 2 Km da seguinte maneira: de A até B (1 Km) com a velocidade escalar de 40 Km/h e de B até C (1 Km) com a velocidade escalar de 60 Km/h. Calcule a velocidade escalar média no percurso de A até C.
Solução:
O tempo que ele levou para ir de A ate B vale

T = Espaço que andou / velocidade
T = 1 / 40 h

de B ate C o tempo foi:

T = 1 / 60 h

O tempo total foi de 1/40 + 1/60 = 3+2/120 = 5/120

Então a velocidade em todo percurso foi:

V = 2 / 5/120
V = 240/5
V = 48 km/h

19) Ao se deslocar do Rio de Janeiro a Porto Alegre, um avião percorre essa distância com velocidade média v no primeiro  do trajeto e 2v no trecho restante.
A velocidade média do avião no percurso total foi igual a:
(A) 
(B) 
(C) 
(D) 
Solução:
A velocidade média corresponde à razão entre distância e tempo. Considerando a distância entre as cidades, o intervalo de tempo t1 gasto para percorrer  do trajeto, com velocidade média , foi igual a:
Já o intervalo de tempo t2, gasto para percorrer  do trajeto, com velocidade média 2, foi igual a:
Assim, a velocidade média  no percurso total d, em um intervalo de tempo t1 + t2, é dada por:
Percentual de acertos: 35,07%
20) Uma moto precisa realizar uma competição desenvolvendo uma velocidade escalar média de 100 km/h. na primeira metade a moto desenvolveu uma velocidade escalar média de 75 km/h. Qual deve ser a velocidade escalar média da moto, na segunda metade de seu trajeto, para conseguir seu intento?

Solução:

v1 = (∆s/2)/∆t1
∆t1 = (∆s/2)/v1
∆t1 = (∆s/2)/75
∆t1 = ∆s/150

v2 = (∆s/2)/∆t2
∆t2 = ∆s/(2 * v2)

Meta: --> velocidade média de 100 km/h
v = ∆s/∆t
100 = ∆s/∆t
∆t = ∆s/100


O tempo total é a soma do tempo gasto na 1ª metade com a 2ª metade:

∆s/100 = ∆s/(2 *v2 ) + ∆s/150
cortando o ∆s:

1/100 = 1/2*v2 + 1/150
3v = 150 + 2 v 

v = 150 km/h
21)(UFAC) Um carro com uma velocidade de 80 km/h passa pelo km 240 de uma rodovia às 7 h 30 min. A que horas este carro chegará à próxima cidade, sabendo-se que a mesma está situada no km 300 dessa rodovia?
Resp: 8h 15 min
22) Um trem com comprimento 200 m gasta 20 s para atravessar um túnel de comprimento 400 m. Determine a velocidade escalar media do trem.
Resp: 30 m/s
23) (Cesgranrio-RJ) Uma patrulha rodoviária mede o tempo que cada veiculo leva para percorrer um trecho de 400 m da estrada. Um automóvel percorre a primeira metade do trecho com velocidade de 140 km/h. Sendo de 80 km/h a velocidade limite permitida, qual deve ser a maior velocidade média do carro na segunda metade do trecho para evitar ser multado?
Resp: 56 km/h
24) (PUC-SP 2010) Dois ciclistas partem simultaneamente de dois pontos distintos de uma estrada, distantes 24 km um do outro, e viajam em velocidades constantes; se seguirem no mesmo sentido, o mais rápido alcançará o outro após 2 horas; se seguirem um em direção ao outro, o encontro ocorrerá após 45 minutos. Assim sendo, a velocidade do ciclista mais rápido, em quilômetros por hora, é:
a) 16
b) 20
c) 22
d) 24
e) 28

25) Um automóvel viaja numa estrada retilínea, à velocidade de 30km/h. Depois, percorre mais 40km no mesmo sentido com uma velocidade de 60km/h. Qual a velocidade média do carro nesses 80km/ de viagem (suponha que o movimento é no sentido positivo do eixo x ) ?;
Resposta: 40 km/h

26) Uma tartaruga caminha, em linha reta, a 40 metros/hora, por um tempo de 15 minutos. Qual a distância percorrida?

a) 30 m
b) 10 km
c) 25 m
d) 1 km
e) 10 m


Usuários online usuários online Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

6 comentários:

  1. Que merda, tudo errado.

    ResponderExcluir
  2. NOSSA QUE HORROR, TUDO ERRADO, ATRAPALHANDO NO LUGAR DE AJUDAR, ESTOU PUTA DA VIDAAAAAAA.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. qual o deslocamento do carro entre as 12;00hr e as 14;00hr

    ResponderExcluir