sábado, 26 de janeiro de 2013

Tipos de Indústrias questões vestibular



Tipos de Indústrias


A atividade industrial consiste no processo de produção que visa transformar matérias-primas em mercadoria através do trabalho humano e, de forma cada vez mais comum, utilizando-se de máquinas. Essa atividade é classificada conforme seu foco de atuação, sendo ramificada em três grandes conjuntos: indústrias de bens de produção, indústrias de bens intermediários e indústrias de bens de consumo.
 Indústrias de bens de produção

Também chamadas de indústrias de base ou pesadas, Nesse tipo de indústria a atividade desenvolvida transforma a matéria-prima que foi retirada da natureza de forma bruta, além de fornecer máquinas, equipamentos e outros instrumentos a diferentes tipos de indústrias, como aquelas do ramo da siderúrgica, mineração, química entre outras.

Enquadram ainda nessa classificação aquelas que têm como objetivo produzir materiais destinados à infra-estrutura, oferecendo suprimentos para o transporte, energia, saneamento e habitação.

As indústrias de bens de produção são conhecidas também por indústria de base (fornece condições para a proliferação de outras indústrias) e indústria pesada (transforma grandes quantidades de matéria-prima).

Indústrias extrativas


são as que extraem matéria-prima da natureza (vegetal, animal ou mineral) sem que ocorra alteração significativa nas suas propriedades elementares. Exemplos: indústria madeireira, produção mineral, extração de petróleo e carvão mineral.

Indústrias de equipamentos

 são responsáveis pela transformação de bens naturais ou semimanufaturados para a estruturação das indústrias de bens intermediários e de bens de consumo. Exemplos: siderurgia, petroquímica, etc.

Siderurgia
As indústrias de bens intermediários 

Caracterizam-se pelo fornecimento de produtos beneficiados. Elas produzem máquinas e equipamentos que serão utilizados nos diversos segmentos das indústrias de bens de consumo. Exemplos: mecânica (máquinas industriais, tratores, motores automotivos, etc.); autopeças (rodas, pneus, etc.)

As indústrias de bens de consumo 

As indústrias de bens de consumo atuam em atividades que visam abastecer o mercado que atende o consumidor final. As mercadorias concebidas nesse tipo de indústria são oriundas das indústrias de bens de produção e também da agricultura. Essas são localizadas próximo aos centros urbanos a fim de proporcionar maior acesso aos consumidores.

As indústrias de bens de consumo são classificadas de acordo as mercadorias que produzem, assim, se diferem em: Indústrias de bens duráveis e Indústria de bens não-duráveis.

Indústrias de bens duráveis 

São as que fabricam mercadorias não perecíveis. São exemplos desse tipo de indústria: automobilística, móveis comerciais, material elétrico, eletroeletrônicos, etc.

Indústrias de bens não duráveis

Produzem mercadorias de primeira necessidade e de consumo generalizado, ou seja, produtos perecíveis. Exemplos: indústria alimentícia, têxtil, de vestuário, remédios, cosméticos, etc.


Indústria Alimentícia

Exercícios sobre tipos e indústrias

1) A indústria de bens de consumo fabrica produtos que são consumidos pela população em geral, sendo ramificada em dois seguimentos. Aponte as principais características da:

a) Indústria de bens duráveis
b) Indústria de bens não-duráveis

2) O segmento industrial que tem sua produção destinada diretamente para o mercado consumidor, a partir de bens provenientes das indústrias de base ou de recursos ligados à agricultura, é:

a) Indústria de bens de consumo
b) Indústrias extrativas
c) Indústrias de bens de produção
d) Indústrias de equipamentos

3) (UFPR) Sobre os tipos de indústrias, leia as proposições a seguir e marque (F) para as alternativas falsas e (V) para as alternativas verdadeiras.

a) A indústria tradicional é pouco automatizada  e emprega muita mão de obra em relação ao valor da produção.
b) A indústria pesada consome grandes quantidades de matéria-prima e de energia, como siderurgia.
c) A indústria de base cria condições necessárias a outras fabricações, como a indústria de máquinas e ferramentas.
d) A indústria de bens duráveis produz bens que servirão de matéria-prima para outras indústrias, como a química pesada.
e) A indústria de acabamento tem como matéria-prima bens industrializados, como a de produtos farmacêuticos.

4) (UFMS 2010) A partir do estabelecimento da indústria como novo ramo de atividade econômica, níveis diferenciados de tecnologia foram empregados no processo fabril. De acordo com o nível tecnológico e a função que cada segmento fabril desempenha na economia das atuais sociedades capitalistas, a indústria pode assumir diferentes classificações. Em relação à classificação das indústrias, é correto afirmar:

1) Indústrias de tecnologia de ponta são aquelas que produzem recursos tecnológicos altamente sofisticados, resultantes da aplicação imediata das descobertas científicas no processo de produção. São exemplos de indústrias de tecnologia de ponta: as de informática, de produtos eletrônicos, a aeroespacial e as de biotecnologia.
2) Indústrias tradicionais são aquelas que primeiro se instalaram em uma região. Servem de base para outras indústrias, fornecendo-lhes matérias-primas já processadas. Utilizam equipamentos pesados e pouca mão-de-obra, considerando o elevado grau de automação dos equipamentos. São exemplos de indústrias tradicionais: as siderúrgicas, as cimenteiras, as metalúrgicas e as cerâmicas.
4) Indústrias de bens de produção são aquelas que produzem mercadorias para o consumo da população. Empregam muita mão-de-obra e pouca tecnologia e atuam em mercados altamente competitivos em nível regional. São exemplos de indústrias de bens de produção: indústrias alimentícias, indústrias moveleiras e indústrias farmacêuticas.
8) Indústrias de bens intermediários são aquelas que produzem máquinas e equipamentos que serão utilizados em outros segmentos da indústria e em diversos setores da economia. São exemplos de indústrias de bens intermediários: indústria mecânica e indústria de autopeças.
16) Indústrias de bens de consumo são aquelas que fabricam bens que são consumidos pela população em geral. Estão divididas em bens de consumo duráveis e bens de consumo não duráveis. Entre as indústrias de bens de consumo duráveis, estão: as indústrias de produção de eletrodomésticos e a indústria automobilística. Entre as indústrias de bens de consumo não duráveis, estão: as tecelagens, as de confecções, as de produtos alimentares, as de perfumaria e medicamentos.

5) Assinale a alternativa incorreta em relação ao modelo de produção denominado Fordismo:

(A). Especialização do trabalho.
(B). Esteira rolante.
(C). Grandes estoques.
(D). Mão-de-obra altamente qualificada.
(E). Uniformidade e padronização da produção.

6)  Assinale a alternativa incorreta em relação ao modelo de produção denominado Toyotismo

(A). Células de produção.
(B). Grandes estoques.
(C). Just-in-time.
(D). Produção flexível.
(E). Qualidade total.

7) A política industrial do atual governo brasileiro visa a:

a) proteger as indústrias tradicionais de baixa tecnologia, para garantir o atual nível de emprego industrial.
b) proteger a indústria nacional contra a competição desleal de empresas estrangeiras mais eficientes.
c) uma melhor distribuição geográfica do parque industrial que atualmente se concentra no Sudeste.
d) amparar os setores industriais de alta tecnologia, garantindo-lhes reserva de mercado e apoio tecnológico.
e) desenvolver maior eficiência produtiva e competitividade das empresas, desestimulando cartéis e monopólios.

8) Levando-se em consideração que, historicamente, a implantação de indústrias siderúrgicas constituiu-se em fator fundamental no processo de industrialização:

a) justifique a importância das indústrias siderúrgicas;
b) explique como se deu a sua implantação no Brasil.

9) A industrialização brasileira tem como marco a década de 1930, com o processo de implantação de setores de base. Isto não quer dizer que, antes daquela década, não houvesse indústrias no país. Elas existiram, só que compuseram um setor de pouca monta e, ainda:

a) se caracterizaram pela forte dependência a uma política de investimentos governamentais.
b) se basearam em capitais provenientes da exportação da borracha amazônica.
c) tiveram, na redução de tarifas de importação de manufaturados, seu principal fator de competitividade.
d) estiveram ligadas à formação de um mercado consumidor representado pelo afluxo de imigrantes europeus assalariados.
e) apresentaram forte concentração de investimentos nos setores de energia e transportes.

10) Na escolha de um local para a implantação das indústrias, os fatores mais importantes estão relacionados a matérias-primas, fontes de energia, mão-de-obra, recursos financeiros e acesso ao mercado consumidor dos bens produzidos. A importância de cada fator em relação aos demais pode variar. Depende do tipo de bens a produzir, da escala de produção pretendida, do grau de desenvolvimento das técnicas utilizadas e da infra-estrutura existente.

Da leitura do texto é possível concluir que

a) as indústrias leves contam com maior número de opções, quanto à escolha do local para sua instalação.
b) as indústrias pesadas dispersam-se mais pelo espaço, em função dos fatores disponíveis.
c) em função do destino final da produção, as indústrias leves necessitam de maiores espaços e investimentos.
d) como dependem de infra-estrutura, as indústrias pesadas devem estar próximas a portos marítimos.
e) as indústrias leves são muito mais sensíveis às condições da infra-estrutura, nos setores de transportes e energia.
Gabarito:

1) a) Indústria de bens duráveis
As indústrias de bens duráveis produzem mercadorias não-perecíveis que são destinadas diretamente aos consumidores. Exemplos: móveis, automóveis, computadores, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, comunicação, etc.  
b) Indústria de bens não-duráveis
As indústrias de bens não-duráveis fabricam mercadorias diretamente para o mercado consumidor. Ela se caracteriza por produzir mercadorias de primeira necessidade e de consumo generalizado. Exemplos: alimentícia, bebidas, cigarro, têxtil, calçados, cremes dentais, sabonetes, xampus, entre outros.
2) A  
3) a) Verdadeiro – As indústrias tradicionais utilizam pouco aparato tecnológico, sendo equipadas com máquinas pesadas. Para o processamento industrial é necessária muita mão de obra. Exemplo: metalúrgicas e siderúrgicas.
b) Verdadeiro – A indústria pesada, também denominada indústria de bens de produção, consome grandes quantidades de matéria-prima no processo industrial. São responsáveis pela transformação de matérias-primas brutas obtidas na natureza em matérias-primas processadas, destinado sua produção para a estruturação de outros segmentos industriais. Exemplo: siderúrgicas e refinarias.
c) Verdadeiro – A indústria de base produz bens de capital que serão utilizados por outras indústrias em seu processo de produção, como por exemplo, máquinas, ferramentas e equipamentos.
d) Falso – A indústria de bens duráveis fabrica produtos destinados diretamente ao mercado consumidor. Exemplos: indústrias automobilísticas e eletroeletrônicos.  
e) Falso – Os produtos farmacêuticos não são matéria-prima para a indústria de acabamento. Esses produtos são destinados para o mercado consumidor, sendo, portanto, fabricados pelas indústrias de bens de consumo.  
4) 1, 8 e 16    5) D   6) B   7) E   8) :a)As indústrias siderúrgicas são fundamentais para a produção de quase todos os bens que consumimos.
b)Na expansão industrial no governo de Getúlio Vargas.   9) D   10) A

Nenhum comentário:

Postar um comentário