segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

questões vestibular sobre globalização


(UNIT/SE) - Universidade Tiradentes -
Questão 1:
“Bric de barro” mostra sua fragilidade.
Com economia excessivamente dependente de um só produto de exportação e um parque industrial deteriorado, o país enfrenta o desafio do crescimento.
(O Estado de São Paulo, 18/04/2010. p B11)
Com base nos conhecimentos sobre as características dos países que compõem o Bric, pode-se concluir que o texto do jornal refere-se
A - à África do Sul.
B - à China.
C - à Índia.
D - ao Brasil.
E - à Rússia.

(UERJ) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro -
Questão 2:
No admirável mundo novo das oportunidades fugazes e das seguranças frágeis, a sabedoria popular foi rápida em perceber os novos requisitos. Em 1994, um cartaz espalhado pelas ruas de Berlim ridicularizava a lealdade a estruturas que não eram mais capazes de conter as realidades do mundo: “Seu Cristo é judeu. Seu carro é japonês. Sua pizza é italiana. Sua democracia, grega. Seu café, brasileiro. Seu feriado, turco. Seus algarismos, arábicos. Suas letras, latinas. Só o seu vizinho é estrangeiro”.
ZygmunT Bauman Adaptado de Identidade. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.
A alteração de valores culturais em diversas sociedades é um dos efeitos da globalização da economia.
O cartaz citado no texto ironiza uma referência cultural que pode ser associada ao conceito de:
A - localismo
B - nacionalismo
C - regionalismo
D - eurocentrismo

(UERJ) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro -
Questão 3:
A Cúpula das Américas surgiu em 1994, por iniciativa norte-americana. Os EUA criticavam a OEA (Organização dos Estados Americanos), que reúne todos os 34 países do hemisfério, exceto Cuba, e desejavam implantar a ALCA (Área de Livre Comércio das Américas).
Exercitando o papel de líder dos países da ALBA (Alternativa Bolivariana para os Povos de Nossa América), Hugo Chávez prometeu que “até as pedras falarão”, na quinta reunião da Cúpula das Américas, contra o bloqueio americano a Cuba e a favor de sua reincorporação à OEA. Criada em 2004, a ALBA é formada por Bolívia, Honduras, Venezuela, Dominica e Cuba.
Adaptado de Folha de São Paulo, 12/04/2009
As divergências entre a ALBA e a OEA refletem mudanças nas relações entre os países americanos na atualidade.
De acordo com a notícia, essas mudanças se vinculam ao seguinte contexto político:
A - valorização do pan-americanismo frente à projeção da União Europeia
B - resistência de governos nacionalistas às pressões hegemônicas externas
C - criação de regiões de livre-comércio contrárias à globalização econômica
D - aplicação do protecionismo alfandegário à exportação de produtos primários

(UERJ) - Universidade do Estado do Rio de Janeiro -
Questão 4:
G-20 adota linha dura para combater crise
Grupo anuncia maior controle para o sistema financeiro. Cercada de expectativas, a reunião do G-20, grupo que congrega os países mais ricos e os principais emergentes do mundo, chegou ao fim, em Londres, com o consenso da necessidade de combate aos paraísos fiscais e da criação de novas regras de fiscalização para o sistema financeiro. Além disso, os líderes concordaram, dentre várias medidas, em injetar US$ 1,1 trilhão na economia para debelar a crise.
Adaptado de http://zerohora.clicrbs.com.br
A passagem da década de 1980 para a de 1990 ficou marcada como um momento histórico no qual se esgotou um arranjo geopolítico e teve início uma nova ordem política internacional, cuja configuração mais clara ainda está em andamento.
Conforme se observa na notícia, essa nova geopolítica possui a seguinte característica marcante:
A - diminuição dos fluxos internacionais de capital
B - aumento do número de polos de poder mundial
C - redução das desigualdades sociais entre o Norte e o Sul
D - crescimento da probabilidade de conflitos entre países centrais e periféricos

(UEAP) - Universidade do Estado do Amapá -
Questão 5:
Dentre as características do mundo globalizado encontram-se os padrões tecnológicos avançados de organização da produção de bens e a formação de blocos econômicos.
A figura abaixo indica os países que participam da fabricação das partes que compõem um Boeing.
5
Com base nas informações sobre o assunto retratado no texto e na figura, analise os itens abaixo e, posteriormente, assinale a alternativa correta.
I- As peças que compõem o Boeing são consideradas de alta tecnologia, por isso, são produzidas em nações industrializadas e com amplo domínio tecnológico.
II- Os países que participam da produção do Boeing investem somas elevadas em ciências e tecnologias e constituem os principais polos tecnológicos mundiais.
III- Os países que fazem parte da produção do Boeing, com o objetivo de fortalecer as relações econômicas internacionais, integram o Bloco Econômico Europeu.
IV- A produção do Boeing é realizada por vários países, porém há monopólio do produto final pelo país responsável pela comercialização do Boeing.
A - Apenas I e III estão corretos.
B - Apenas II e III estão corretos.
C - Apenas II e IV estão corretos.
D - Apenas I, II e IV estão corretos.
E - Todos os itens estão corretos.

(CESUPA/PA) - Centro Universitário do Estado do Pará -
Questão 6:
Um dos principais agentes estimuladores das relações econômicas capitalistas do atual contexto mundial são as corporações globais, a exemplo das empresas multinacionais, como a Nike. Sobre as características dessas empresas é verdadeiro afirmar que:
A - são transnacionais, ou seja, o capital das mesmas não possui pátria, sendo que estas atuam exclusivamente no setor industrial, notadamente no setor automobilístico, como é o caso da Honda e da Volkswagem.
B - possuem como espaço único de atuação a Ásia e a América Saxônica, fato relacionado ao desenvolvimento tecnológico de seus países como os Estados Unidos e a China, que concentram significativo número dessas empresas, principalmente nas ZEEs (Zonas Especiais de Exportação) chinesas.
C - são competentes em gerenciar suas atividades, ao mesmo tempo, em diversos locais do espaço geográfico mundial, ou seja, sua escala geográfica de atuação é o planeta Terra, estando localizadas nos diversos continentes.
D - dependem especialmente das políticas públicas dos países onde se fixam, sem interferências da unidade principal da empresa (matriz) e da política econômica do seu país sede.

(UEPA) - Universidade do Estado do Pará -
Questão 7:
A intensificação do comércio mundial, resultante da expansão e da fragmentação do processo produtivo das multinacionais, aliada à queda das barreiras fiscais em diferentes países, fomentou a formação de alianças e dos blocos econômicos regionais. Sobre as diferenças socioeconômicas no interior deles e entre eles afirma-se que o(a):
A - NAFTA, apresenta forte integração econômica e cultural, o que pode ser observado no uso do idioma inglês como segunda língua da população do México – país integrante do bloco –, bem como na livre circulação de pessoas dentro dos países que o formam, tal como ocorre na União Europeia.
B - APEC apresenta reduzidas diferenças socioeconômicas no seu interior, consequência do desenvolvimento acelerado e harmônico de seus membros que expandiram seus mercados e aproximaram suas economias ao contexto norte-americano.
C - União Europeia, oriunda do antigo Mercado Comum Europeu, apresenta, se comparado aos demais blocos, menor desnível socioeconômico interno, ao passo que o NAFTA possui maior desnível socioeconômico interno, em virtude da crescente dependência e vulnerabilidade econômica mexicana.
D - MERCOSUL constitui uma zona de livre comércio, sendo que as mercadorias fabricadas nos seus países-membros circulam entre eles totalmente isentas de tarifa de importação, contudo, não se chegou ainda hoje a um acordo entre seus componentes, sobre a livre circulação de pessoas dentro do bloco.
E - formação da União Europeia representa um novo tipo de colonialismo, caracterizado pela deteriorização das condições de vida dos trabalhadores europeus, principalmente dos países recém introduzidos no bloco. Destaca-se, neste contexto, a intensificação de problemas sociais (desemprego, violência urbana dentre outros) a exemplo da Alemanha e Espanha.

(UEPA) - Universidade do Estado do Pará -
Questão 8:
A discussão sobre o narcotráfico permeia os mais diversos ambientes diplomático-administrativos e assume posição de destaque nas agendas dos Estados americanos e no restante do mundo. Tal debate giraria, em torno, principalmente, das políticas de segurança nacional, uma vez que o mesmo congregaria e patrocinaria a criminalidade “organizada” em diferentes nações do espaço mundial. Sobre o exposto, é correto afirmar que:
A - o crime organizado que controla o tráfico de drogas apresenta características empresariais para se adaptar ao mercado global e não tem conseguido se ligar a atividades legais, o que dificulta a lavagem do dinheiro oriundo desta atividade ilícita.
B - o narcotráfico vem se apresentando nos países mais pobres como alternativa de trabalho e geração de renda, principalmente nas regiões periféricas dos grandes centros urbanos, ocupando, na maioria das vezes, o vácuo deixado pelo Estado e promovendo a cultura da paz, bem como a valorização da vida.
C - o crescimento da demanda por cocaína nos Estados Unidos e Europa, nas últimas décadas do século XX, minimizou o tráfico de drogas nos países andinos, transformando tal atividade de proporções ambiciosas em um negócio de magnitudes modestas.
D - hoje as rotas do narcotráfico alcançam o mundo inteiro e não diferenciam países produtores de países consumidores. Este mercado global atinge lucros que podem ser comparados a determinados setores da indústria, o que afere um imenso poder ao tráfico de drogas.
E - a guerra promovida pelos Estados Unidos na América Latina contra o narcotráfico, em particular contra a produção de coca na Bolívia, Peru e Colômbia está diretamente relacionada a sua preocupação com a garantia da soberania e autonomia destes estados-nação no continente.

(UFPA) - Universidade Federal do Pará -
Questão 9:
A globalização da economia capitalista fragmentou o espaço econômico mundial. Essa característica geográfica expressa-se no final do século XX, com a formação de blocos econômicos de configurações regionais. Sobre os blocos regionais, é correto afirmar:
A - A criação de mercados comuns entre grupos de nações é um fenômeno antigo no capitalismo. Na expansão comercial europeia do século XVI, as Companhias de Navegação constituíram verdadeiros mercados comuns, que regularam a circulação de pessoas, de bens e serviços entre os países centrais e suas colônias.
B - Na década de 1950, originou-se o Mercado Comum Europeu (MCE), que em 1993 se configurou como União Europeia. Desde 2004, a União Europeia engloba mais de 25 países da Europa com perspectiva de ampliação, se os países candidatos preencherem os requisitos necessários: uma economia de mercado consolidada, controle sobre o déficit público e liberdade democrática.
C - Antes da criação da APEC (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico), cogitava-se a formação de um bloco asiático comandado pela China. Porém, o resultado da criação colocou três países em evidência: Coreia, Japão e China. A expansão do comércio pelo oceano Pacífico foi determinada pelos conflitos asiáticos, pela dinâmica da economia coreana, pelo arranque industrial e comercial dos países do Sudeste e Leste Asiático, e, além disso, pela crise econômica, na parte ocidental dos Estados Unidos.
D - A CEI (Comunidade de Estados Independentes) é constituída pelos países originários da ex-União Soviética, com exceção das três nações bálticas. São doze os países que compõem esse bloco, entre os quais a Rússia, a Ucrânia, a Armênia e a Geórgia, que buscam reconstruir suas economias, moeda e organização política para criar um estado federado igual à União Europeia.
E - O Mercado Comum do Sul (Mercosul) foi formado pelo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai. Ele tem por base o estado federado da União Europeia. Países como Bolívia, Chile, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela também participam como membros associados. Existem acordos especiais de integração política entre o Mercosul e a Comunidade Andina e entre o Mercosul e o México, com vistas a criar um parlamento latino-americano.

(UFPA) - Universidade Federal do Pará -
Questão 10:
Os organismos internacionais de financiamento atuam ultrapassando as fronteiras do território do Estado sobre as organizações internacionais financeiras, é correto afirmar:
A - O Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial são os principais organismos financeiros internacionais criados pelo Plano Marshall. O papel dessas organizações é diminuir as diferenças industriais e tecnológicas entre países ricos e países pobres para que o desenvolvimento econômico global possa beneficiar a todos.
B - Desde sua criação, o Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Banco Mundial desenvolvem tarefas complementares. Enquanto o FMI se encarrega de fiscalizar as contas públicas e privadas dos países que a ele recorrem, o Banco Mundial é responsável pelo financiamento de projetos de desenvolvimento das corporações multinacionais e do empresariado que a ele recorre.
C - O Fundo Monetário Internacional (FMI) ocupa-se das condições internas de sustentabilidade econômica, social e ambiental dos países que a ele recorrem, financiando projetos de recuperação de áreas degradadas, realocando os atingidos por barragens e apoiando a reconstrução das sociedades destruídas por catástrofes naturais, como o Tsunami de dezembro de 2004.
D - Os recursos financeiros do Fundo Monetário Internacional (FMI) provêm das contribuições dos Estados-membros. O montante da participação define o peso de cada país nas decisões. Isso significa que o grupo de países mais ricos do mundo tem o controle absoluto do Fundo e de seus recursos e os aloca somente aos países que lhes interessam.
E - O Banco Internacional de Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) são instituições que articulam ações nacionais nos diferentes países para que estes adotem políticas de fortalecimento do Estado-Nação e uma economia nacional-desenvolvimentista.

(UFGD/MS) Universidade Federal da Grande Dourados -
Questão 11:
Leia o texto a seguir e responda à questão.
Para a analista, a ascensão dos BRICs é inevitável, mas imprevisível. Não se sabe se o bloco formado por Brasil, Rússia, Índia e China, conhecido pela sigla BRIC, é uma associação coesa ou um grupo informal, mas é certo que este bloco aponta para uma mudança na estrutura de poder mundial que deverá ocorrer nas próximas décadas. "Ainda não sabemos ao certo [a verdadeira natureza dos Brics], é imprevisível. Mas o que temos é a ascensão de um grupo de atores que agirá conjuntamente em diferentes ocasiões, como já fizeram em Londres [na reunião do G20]. Este grupo indica uma transferência de poder e de dinheiro dos velhos países desenvolvidos para as novas nações emergentes", afirma Roett.
Disponível em: Folha On Line. Acesso: 16/06/2009. (com adaptações)
Considerando as informações contidas no texto e a estruturação de uma nova ordem econômica e política mundial, pode-se afirmar que
A - o novo bloco denominado BRIC constituiu-se nos mesmos moldes e com os mesmos objetivos dos demais blocos econômicos já existentes, tais como: Nafta, União Europeia, Mercosul e ALCA.
B - os países desenvolvidos ainda dominam o poder político e econômico mundial; no entanto, atualmente já existem nações emergentes despontando neste cenário e que podem mudar a estrutura do poder mundial futuramente.
C - o poder político e econômico mundial na atualidade está totalmente centralizado nos países desenvolvidos o que impossibilita a ascensão política e econômica dos países periféricos, principalmente da América Latina e África.
D - o bloco denominado BRIC destaca-se pelo fato de constituir-se por países que conseguiram resolver seus problemas econômicos e sociais tornando-se países ricos e centrais.
E - o conjunto de países que constitui o BRIC caracteriza-se por altos índices de desenvolvimento humano e equilibrada distribuição de renda, daí sua emergência no cenário político mundial.

(UNIR/RO) - Fundação Universidade Federal de Rondônia -
Questão 12:
A América Latina vive atualmente uma nova tendência nas políticas socioeconômicas, reflexo direto da existência de um quadro político dominado por governos progressistas. Sobre esse assunto, assinale a afirmativa INCORRETA.
A - Na criação da Área de Livre Comércio das Américas (ALCA), destacam-se as atuações do México e da Colômbia, países líderes regionais nos processos de integração e principais entusiastas na aplicação de políticas econômicas independentes.
B - Dentre as políticas adotadas, pode-se destacar maior participação dos processos de integração regional, intensificação do comércio regional, diversificação de seus mercados externos e desenvolvimento significativo de seus mercados internos.
C - O Brasil tem um papel central na integração regional, pois é o país mais rico e influente da região, ganhando maior estabilidade econômica ao intensificar as parcerias comerciais com seus vizinhos do Sul.
D - A criação da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) forma uma zona de livre comércio continental que pretende unir as duas organizações de livre comércio sul-americanas, Mercosul e Comunidade Andina de Nações, além do Chile, Guiana e Suriname, nos moldes da União Europeia.
E - A Alternativa Bolivariana para as Américas (ALBA) forma um bloco comercial na América Latina, criando um novo sistema monetário, Sistema Unificado de Compensação de Pagamentos Recíprocos, Sucre – uma moeda virtual que será utilizada em trocas comerciais entre membros da Alba e substituirá o dólar.

(UNIR/RO) - Fundação Universidade Federal de Rondônia -
Questão 13:
Sobre a Organização das Nações Unidas (ONU) e seu símbolo, analise as afirmativas.
I - Surgiu no fim da Segunda Guerra Mundial e sua sede fica em Nova Iorque.
II - Tem por objetivo preservar a paz e a segurança mundial.
III - Possui várias agências que atuam em vários setores como o PNUD, a FAO entre outros.
IV - O símbolo da ONU é uma projeção conforme que distorce a forma, mas mantém o tamanho real dos países.
Estão corretas as afirmativas
A - I, II, III e IV.
B - I e IV, apenas.
C - I, II e III, apenas.
D - II, III e IV, apenas.
E - III e IV, apenas.

(UEMA) - Universidade Estadual do Maranhão -
Questão 14:
Observe a charge.
14
De acordo com o observado, assinale a alternativa que contenha, respectivamente, a abrangência e o principal fator gerador da crise econômica atual.
A - Regional, provocada pelo fordismo.
B - Global, ocasionada pela internacionalização do capitalismo financeiro.
C - Local, provocada pela dinamização da economia urbana.
D - Global , provocada pela falta de matérias primas e mão de obra especializada.
E - Global, provocada pela crise do petróleo.

(UFG/GO) - Universidade Federal de Goiás -
Questão 15:
A geopolítica no continente americano sofreu mudanças consideráveis na década atual, modificando projetos institucionais que visavam maior influência econômica dos Estados Unidos. Como contraponto a essas iniciativas, o governo da Venezuela propôs a criação de um novo bloco.
Esse bloco, que conta atualmente com a adesão de vários países, é
A - o Mercosul, que visa estreitar as relações com os países do Cone Sul.
B - o Nafta, que busca aproximar os países da América do Norte e Central.
C - o Pacto Andino, que surge do chamado Acordo de Cartagena, com objetivo de integração econômica.
D - a Unasul, que objetiva criar mecanismos de proteção aos países da América do Sul.
E - a Alba, que propõe a unificação política e econômica entre os países da América do Sul e da América Central.do estímulo à cooperação econômica e a alianças políticas.


(UCS/RS) - Universidade de Caxias do Sul -
Questão 16:

A globalização econômica independe de fronteiras nacionais. Com ela vieram o acirramento da concorrência e a consequente necessidade de proteção de mercados, que conduziram à formação de blocos econômicos, entre eles, os megablocos regionais, que também produzem uma geoeconomia planetária.

Analise a veracidade (V) ou falsidade (F) das proposições abaixo, considerando as características gerais dos blocos econômicos.
( ) Em 1980 foi elaborado o Plano Schumam, que mudou o nome da Comunidade Econômica Europeia (CEE) para União Europeia (UE) e estabeleceu a moeda única (euro), a unificação das taxas e uma política monetária comum.
( ) Na Conferência de Seattle, decidiu-se que a Apec (Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico) assumiria características de um bloco econômico regional, para que se criasse, até 2010, uma zona de livre comércio.
( ) A COMESA (Mercado Comum do Sudeste Asiático) foi criada em 1992, com o objetivo de implantar uma zona de livre comércio e dar continuidade às ZEEs (Zonas Econômicas Especiais) do Sudeste Asiático.
Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo.
A) V – V – V
B) V – F – V
C) F – V – F
D) F – F – F
E) V – V – F


(UECE) - Universidade Estadual do Ceará -
Questão 17:
Sobre o processo de globalização, assinale o correto.
A) O processo de globalização, mesmo diante de vários contrastes econômicos e sociais, reflete na total difusão de informações e acesso indiferenciado a elas, reduzindo, quase que totalmente, as desigualdades sociais de forma homogênea.
B) A Internet em muito contribuiu para difusão de informações e acesso a serviços (e-mails, dados bancários, compra e venda de produtos, dentre outras atividades), mas em nada contribuiu para o redimensionamento das concepções de tempo e espaço, essenciais à dinâmica da globalização.
C) A globalização, cuja imagem reflete a estrutura econômica norte-americana, é também representada por instituições como o FMI e o Banco Mundial, nas quais o neoliberalismo, mesmo atuando para reduzir as barreiras aos fluxos globais, não viabiliza investimentos produtivos nem a ampliação do comércio em países subdesenvolvidos como o Brasil e o México.
D)  A expansão do processo de globalização também se dá de forma “sutil” e, mesmo com difusão de informações e acesso a serviços, fortalecem grupos, países ou regiões, utilizando-se princípios de domínio sobre mercadorias, capitais, serviços, informações e pessoas.


(UFPI) - Universidade Federal do Piauí -
Questão 18:
Na última década do século XX, entra em cena uma nova ordem mundial, caracterizada pela multipolaridade. Essa característica é atribuída à (ao):
I. ( ) equilíbrio econômico entre Estados Unidos da América, União Europeia e Bacia do Pacífico.
II. ( ) aumento do comércio internacional entre países do hemisfério Sul.
III. ( ) fortalecimento da democracia nos países asiáticos.
IV. ( ) queda do muro de Berlim.
V. ( ) fortalecimento da União Europeia.
Assinale a alternativa correta:
A) F, F, F, V e F.
B) F, V, F, F e F.
C) V, F, F, F e F.
D) F, F, V, F e F.
E) F, F, F, F e V.



(UFMS) - Universidade Federal de Mato Grosso do Sul -
Questão 19:
Sobre o Grupo dos 20 ou G-20, assinale a alternativa correta.
A - É um grupo coeso em suas políticas econômicas internas, em que cada membro contribui financeiramente para um Fundo Monetário Internacional para salvaguardar os interesses das empresas multinacionais. Os países membros praticam uma ajuda humanitária aos países pobres vitimados por guerras civis, violências étnicas e catástrofes naturais, através de recursos do Fundo Monetário e de instituições financeiras privadas.
B - É uma aliança militar das nações capitalistas ocidentais mais desenvolvidas, formada para combater os países que constituem o “eixo do mal” e que disseminam o terrorismo internacional, que ameaçam a hegemonia das empresas capitalistas, a estabilidade política internacional e a soberania sobre as reservas energéticas mundiais.
C - É um fórum de discussões políticas e econômicas dos países que controlam a macroeconomia global, formado para combater a crise financeira mundial ocorrida no final de 2008. O G-20 forma um bloco político-econômico constituído por países com as mesmas características socioeconômicas, objetivando ampliar o ciclo de reprodução do capital em escala regional.
D - É um grupo de países, criado no final da década de 1990, com o objetivo de superar as sucessivas crises financeiras geradas pela economia global. Visa a favorecer a concertação internacional, integrando o princípio de um diálogo ampliado, levando em conta o peso econômico crescente dos países membros. O grupo reúne as 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia, que juntas compreendem 85% do produto nacional bruto mundial, 80% do comércio mundial e dois terços da população mundial.
E - É uma organização pertencente à Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de discutir e desenvolver políticas de promoção do crescimento sustentado da economia global. Entre os acordos estabelecidos pela organização estão: a eliminação de restrições no movimento de capital internacional; a desregulação das economias nacionais; a criação de um clima de negócios favorável ao investimento estrangeiro direto e a promoção da estabilidade financeira internacional.



(EMESCAM/ES) - Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória -
Questão 20:
Já se tornou rotina a leitura de notícias sobre a travessia, em barcos toscos e frágeis de africanos que tentam vencer o Mediterrâneo e chegar às terras europeias. Os que sobrevivem, em geral, são presos e obrigados a fazer o caminho de volta. A Europa não quer mais imigrantes.
Sobre o conteúdo do texto, é correto afirmar que:
A - A globalização neoliberal promove a livre circulação de capitais e mercadorias, mas fecha as fronteiras para a força de trabalho.
B - As propostas de civilização europeias destinadas aos imigrantes, em vigor durante o Século XX, estão sendo abolidas em frente às crises econômicas.
C - O ciclo migratório africano e mundial está em fase de esgotamento, pois a automação crescente das atividades econômicas não prevê mão de obra pouco qualificada.
D - Os acordos econômicos e diplomáticos entre os países de emigração e os de imigração têm sido postos em prática para diminuir a movimentação, principalmente de homens jovens.
E - Os países europeus, em processos de transição demográfica e em plena fase de 3ª Revolução Industrial, já não admitem a entrada de imigrantes em seus territórios.

GABARITO: questão 1: E - questão 2: B - questão 3: B - questão 4: B - questão 5: D - questão 6: C - questão 7: C - questão 8: D - questão 9: B - questão 10: D - questão 11: B - questão 12: A - questão 13: C - questão 14: B - questão 15: E  questão 16: C  questão 17: D  questão 18: C

questão 19: D - questão 20: A

Nenhum comentário:

Postar um comentário